top of page

Alunos visitam a Chácara das Jaboticabeiras

Atualizado: 12 de jul.

17 alunos do curso de pós-graduação da FAUUSP, coordenados pela profa. Flávia Brito do Nascimento, vieram à Vila Mariana para conhecer a Chácara das Jaboticabeiras. Eles puderam conhecer, a menos de 4km do centro da cidade, um local que surpreende pela calma, as ruas de paralelepípedo, o casario preservado, a abundancia da vegetação, a simpatia das pracinhas e as águas presentes nas ruas do entorno da praça Arquimedes. O conjunto abriga os loteamentos projetados na década de 1920 por Prestes Maia & Smith Bayma - o Villa das Jaboticabeiras, cujo bulevar da rua Dr. Fabricio Vampre faz parte, e por Taufik Camasmie, na porção mais abaixo onde se localiza a Rua Benito Juarez.

Momento da visita dos alunos à Chácara das Jaboticabeiras.

O passeio percorreu as ruas da Chácara e os alunos entenderam os vários aspectos que envolvem o espaço. O tombamento da Chácara foi efetuado pela Resolução Conpresp 3/21, em novembro de 2021, mas por inserir um dispositivo de verticalização na quadra 35, podendo causar a perda da ambiência e implicando em grandes impactos ao bem tombado, a questão foi combatida por vários estudos no âmbito das discussões do Conpresp e pelo Ministério Público. Ela está sendo tratada na Justiça desde novembro de 2021 por meio de uma cautelar solicitada pela Associação de Moradores da Vila Mariana – AVM, e que transformou-se numa ação civil pública emendada pelo Ministério Público.

Participantes da atividade na Chácara das Jaboticabeiras.

Desde o início do processo a Associação participou ativamente do processo junto ao Coletivo, defendendo e divulgando a importância do tombamento para a preservação do patrimônio do bairro e da cidade. A professora Flávia Brito, da área de Patrimônio Cultural, também ex-conselheira do Conpresp e Condephaat pelo IAB(Instituto dos Arquitetos de SP), tem feito visitas a campo com os alunos da pós graduação a alguns l ugares tombados na cidade. Haviam visitado o bairro do Bixiga e após a visita à Chácara, iam se dirigir ao museu Lasar Segall, na rua Berta, também na Vila Mariana.


A atividade aconteceu na tarde de 05/07, em companhia das arquitetas Eliana Barcelos e Beta Carvalho.


(Postado em 11/07/23)


bottom of page