top of page

Compostagem Comunitária

O projeto iniciou-se em março de 2019 no Museu de Inseto, como um projeto piloto, em parceria com o Ecobairro e o CADES Vila Mariana . Foram coletados 1.061 kg de resíduos orgânicos durante 9 meses, com a participação de 5 a 10 moradores. A composteira completou o ciclo de maturação e o composto foi absorvido pelo solo do entorno.

Grupo de pessoas em torno da compostagem da Vila Mariana

Em janeiro de 2020 foi então  montada a primeira composteira, em espaço público na praça kenichi Nakagawa,  com o apoio da comunidade, e ela ficou operando até o início da pandemia em março de 2020. Foram coletados 656,5 kg de resíduos orgânicos.




Após 1 ano em maturação, o composto gerado (500kg de material compostado) foi  distribuído para melhoramento do solo da vegetação da praça no entorno de árvores, com anteparos para evitar a lixiviação nos dias de chuva.


Resíduos orgânicos sento integrados a composteira

Em 13 de setembro de 2020 foi aberta a segunda composteira, que foi alimentada com 2221kg de resíduos, até o dia 31/01/2021.

Na terceira composteira, que está sendo alimentada desde janeiro, já foram colocados 1410kg de resíduos até 18 de abril.


No total, mais de 5 toneladas foram desviadas do aterro sanitário e viraram composto orgânico.


Moradores da Vila Mariana posam para foto atrás da composteira

O grupo conta atualmente com aproximadamente 26 famílias e mais de 40 participantes.

 

Os encontros para alimentação conjunta da composteira ocorre aos domingos, às 11h da manhã.





Comments


bottom of page